5 filmes, uma década: anos 20!

sábado, maio 16, 2020

Hello sweeties! Cá estou pra falar de um assunto que amo... Cinema! Hoje retomando um projeto que comecei ano passado de apresentar os melhores 5 filmes de cada década (na minha singela opinião, claro).E hoje vamos falar de... Filmes da década de 20!
Olha, creio que pra mim foi a década mais difícil de selecionar filmes porque tem muita coisa boa acontecendo e.... Pra quem me segue a um tempinho, sabe que é minha década favorita!

1. It (1927)



 Com certeza começaria minha lista com um filme da minha diva Clara Bow! Creio que It uma comédia romântica que tem sua fórmula ainda muito repetida por Hollywood: a história da Cinderela moderna. O filme traz a história de Betty Lou (Clara Bow), uma vendedora de loja de departamentos que se apaixona pelo dono da mesma, Cyrus Waltham Jr. (Antonio Moreno). No entanto, os dois pertencem a mundos diferentes e o que faz Cyrus, enfim, notar a presença de Betty, é que ela tem "it", aquilo de especial e inexplicável quem fazem homens se apaixonar e mulheres admirar.
É uma boa comédia romântica e super recomendo para ter uma ideia de imersão no universo mais "romântico" dos anos 20



2. Metropolis (1927)



Metropolis é, sem sombra de dúvida, um dos maiores marcos do cinema mundial e um filme que, mesmo depois de tantas décadas continua com um frescor sensacional. É considerado a obra-prima do Expressionismo alemão, apesar de ter sido um fracasso de bilheteria na época. O enredo se passa na cidade de Metropolis em 2026 (100 anos após a produção do filme), onde os ricos industriais governam a grande cidade a partir de arranha-céus, enquanto os operários pobres vivem no subterrâneo e trabalham constantemente para manter a cidade em funcionamento. O dono de Metrópolis é Joh Fredersen, cujo filho Freder passa o tempo praticando esportes e frequentando um parque de diversão. Freder é interrompido pela chegada de uma jovem mulher chamada Maria, que trouxe um grupo de crianças dos trabalhadores para ver o estilo de vida privilegiado dos ricos. Maria e as crianças são rapidamente levadas para longe, mas Freder fica fascinado por Maria e desce para a cidade dos trabalhadores, na tentativa de encontrá-la. Nas salas de máquinas, Freder assiste, com horror, a explosão de uma enorme máquina, causando várias lesões e mortes, depois que um dos seus operadores cai de exaustão. Uma boa dica para um filme conceitual e de grande influência na ficção científical!



3. O general (1926)



Pra quem acha que gênio da comédia no cinema mudo é só Charles Chaplin... Precisa ver O general! Nesse filme, vemos todo o brilhantismo de um dos maiores gênios da comédia: Buster Keaton! O filme traz a história de Johnnie (Buster Keaton), é apaixonado por sua locomotiva, a General, e também pela bela Annabelle Lee. Quando a Guerra Civil Americana tem início, ele não é aceito como combatente porque seria mais útil como maquinista. Porém, Annabelle, seu irmão e o pai passam a considerá-lo um covarde por não lutar. É quando a General e Annabelle são raptadas por espiões da União, e Johnnie deve correr atrás de ambas. É sensacional as cenas de ação e mais ainda saber que eles realmente destruíram uma locomotiva pra rodar esse filme, tornando um dos mais caros do período... Sensacional o cinema antes dos efeitos especiais digitais!!!


4. A caixa de Pandora (1929)



Com certeza um dos filmes mais icônicos dos anos vinte, fruto da parceria do diretor G. W. Pabst com um dos ícones femininos dos anos 20: a atriz Louise Brooks. Nesta tragédia, Brooks vem como a sedutora Lulu, cuja sexualidade crua e a natureza desinibida trazem a ruína para si mesma e para aqueles que a amam. Uma história que confesso que gostaria de ver uma nova adaptação para as telonas... E parem de fazer filmes do Velozes e furiosos!!!

infelizmente este filme não tem completo no Youtube :( .... Mas é fácil de achar na internet



5. O garoto (1921)


Creio que esse seja um dos primeiros filmes do Chaplin que vi... E que ele traz com uma ousadia de sair do até então modelo de comédia pastelão e misturar gêneros na obra. The kid é um filme que fica entre o limiar da comédia e do drama, fazendo você rir e se emocionar com a delicadeza que ele conta a história do pobre menino que é abandonado pela mãe solteira em um carro e, após vários revezes, acaba sob a tutela do Vagabundo, que o cria e ama... Mas isso não é o suficiente para o orfanato que quer levar o garoto embora. Sem sombra de dúvidas um filme belíssimo!!!


Bom, espero que tenham curtido o post e... Até a próxima!!!

  • Share:

Você pode gostar de:

0 comentários