Vintage cartoons - Tom & Jerry (fase clássica)

quarta-feira, abril 19, 2017

Hello sweeties! Hoje estou retomando (mais uma vez rsrs) uma categoria que me amarro escrever, mas por reveses da vida me esqueço de trazer novos posts: a história de desenhos clássicos que marcaram não só nossa infância, mas de gerações e gerações! Para retornar, um queridinho meu até hoje: Tom & Jerry!



Como vocês vão poder ver, Tom & Jerry foi um desenho que passou pela mão de vários artistas, podendo ser dividido em várias fases... Mas os clássicos (os melhores aliás) foram produzidos para a MGM entre os anos de 1940 e 1966. Vou me ater a estes porque acho que foram eles que marcaram em maioria a nossa infância, e também porque a história de mudanças de estúdios e direções dessa dupla é uma verdadeira novela rsrsrs.
Criado pela lendária dupla Joseph Barbera e Willian Hanna (Hanna-Barbera), o desenho tem uma premissa super simples, mas de sucesso: as tentativas frustradas do gato Tom de pegar o rato Jerry.  Além deles como personagens principais, esporadicamente apareciam personagens na trama, como o buldogue Spike ou o gato rival do Tom, o Buck. Na maioria das vezes todas as tentativas do Tom são sempre frustradas pela engenhosidade de Jerry ou pela própria estupidez do gato... Mas isso não quer dizer que ele não tenha sido bem sucedido em alguns episódios, mas são poucos admito... Embora eu seja aquela que sempre esteve na torcida pelo Tom... Achava o Jerry muito sacana! As vezes o Tom nem tava querendo nada com ele e o ratinho infeliz ia lá pentelhar! Tava pedindo né kkkkkkkkkk.
Enfim, a fase clássica de Tom & Jerry pode ser divida em 3 fases:

1. Fase Hanna-Barbera (1940-1957)

Essa definitivamente é a minha favorita rsrs. O primeiro desenho da dupla foi para os cinemas em 10 de fevereiro de 1940, com o título de Puss get the boot. Neste curta Tom se chamava Jasper e Jerry se chamava Jinx. Somente depois os produtores batizaram os personagens de "Tom e Jerry".


Primeiros esboços de Tom & Jerry, ainda com os nomes de Jasper e Jinx

Pra quem não entende a rapidez da mudança de aparência dos dois, é o seguinte:  William Hanna e Joseph Barbera escreveram e dirigiram mais 113 episódios entre 1940 e 1957, a partir do segundo episódio, os animadores Kenneth Muse, Irven Spence, Ed Barge, Ray Patterson foran indicados para a animação dos personagens. Cada um deles dava um traço diferente para os personagens, que mudavam rapidamente de uma cena para a outra.
O fim da primeira fase se deu com o fechamento da MGM Cartoon Studio, em 1958. A série original levou sete vezes o Oscar de Melhor curta de animação.

2. Fase Gene Deitch (1960-1962)

Em 1960 a MGM resolveu retomar os desenhos do Tom & Jerry e pra isso chamou o diretor Gene Deitch e seu estúdio, o Rembrandt films, para continuar a produzir os desenhos em Praga, na Checoslováquia (atual República Tcheca). Com esta parceria, foram produzidos 13 curtas, onde Tom era o animal de estimação de um dono com problemas de controlar sua raiva, e Jerry, como sempre, se aproveitava desse fato para infernizar a vida de Tom.
Os desenhos produzidos por Gene Deitch foram muito criticados por adotar um formato totalmente diferente da série original, abusando da surrealidade, misturando motion blur com movimentos dos personagens extremante exagerados... Em suma, provavelmente é a fase que quase ninguém curte, incluindo essa que vos fala rsrsrsrs

Quando era mais nova não conseguia entender porque esses desenhos eram tão "mal desenhados" em comparação aos mais antigos, aí criei a ideia de que quanto mais antigo, melhor desenhado era kkkk

Como eram produzidos na chamada Cortina de Ferro, não constava nos créditos no fim dos desenhos a frase "Made in Hollywood, USA", mas sim "A MGM Cartoon", numa tentativa de esconder o local da produção.

3. Fase Chuck Jones (1963-1967)

Por uma coincidência do destino, quando o último desenho com a alcunha do Gene Deitch foi lançado, Chuck Jones acabara de ser demitido da Warner Bros. Depois de trabalhar lá por mais de 30 anos, Chuck resolveu abrir seu próprio estúdio,  a Sib Tower 12 Productions com seu amigo Les Goldman. Então, a MGM contratou ele e seu estúdio para produzir os novos desenhos da série. Ao todo, a Sib Tower produziu 34 curtas entre 1963 e 1967.
Jones fez diversas adaptações nos personagens, mudando as suas personalidades e fazendo algumas mudanças na aparência de Tom, que teve a sobrancelha mudada e ganhou um tom de cinza mais claro semelhante ao da série original, e Jerry, que teve os olhos aumentados e orelha mais arredondada. Acho que de certa forma até dá pra ver uma certa semelhança nos traços dos dois personagens com os antigos trabalhos de Chuck na Warner... A gente acaba percebendo o estilo do artista rsrsrs.
O leão da MGM na abertura das curtas foi substituído por Tom, tentando imitar os seus gemidos.

Pode-se dizer que essa fase foi meio que uma retomada de qualidade dos desenhos... Mas ainda prefiro a primeira fase kkkkkkkk.


Bom, acho que o que mais marcou a presença desse desenho, assim como Pica-pau, pernalonga e companhia, foi o fato de que eram desenhos nem um pouco politicamente corretos e que crescemos vendo. Cenas de racismo, tabagismo, violência, suicídio e até terrorismo foram criticadas. Pelo menos vinte e quatro episódios foram acusados de possuir cenas racistas, como quando ocorre uma explosão ou algum liquido cai no rosto de um personagem e seu rosto fica negro, o que foi interpretado por algumas pessoas como racismo, e pelo menos dois com suicídio.

Exemplo de racismo: The Truce Hurts (1948), Tom, Jerry e Spike ficam com a cara pintada de negro (blackface) quando um caminhão de carne passa com as rodas numa poça de lama.
Exemplo de suicídio: Blue Cat Blues (1956), Tom tenta arranjar uma namorada mas, fracassando, entra em depressão e vai para os trilhos do trem, Jerry tente a der o mesmo destino, se juntando a Tom, nos trilhos do trem quando perde também a sua namorada.

Apesar das muitas críticas negativas, Tom e Jerry continua sendo a segunda série mais popular de William Hanna e Joseph Barbera. Perdendo para os Flinstones com um total de 166 episódios.
Bom, espero que tenham curtido o post e, para encerrar, alguns gifs da nossa dupla favorita da animação!





  • Share:

Você pode gostar de:

24 comentários

  1. Sua linda Tom e Jerry é um clássico adorei saber mais sobre eles
    Bjs no coração
    www.dheiamartins.com.br

    ResponderExcluir
  2. Um dos melhores desenhos do mundo, sério! Sempre gostei, de todas as versões. Até hoje assisto, vira e mexe passa num canal por assinatura e minha irmã mais nova gosta, então assisto com ela :D

    Blog | Facebook | Instagram 

    ResponderExcluir
  3. Amei o seu post, deu aquela nostalgia. Eu amo as produções Hanna-Barbera. Mas em se tratando de desenho antigo eu gostava mais dos Flinstones e dos Jetsons. Beijão!


    http://missdiva.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adoro Tom e Jerry! Assisto desde pequenininha. Mesmo com as críticas. Adorei o assunto! Beijoo!

    ResponderExcluir
  5. Eu amoooo Tom e Jerry. Concerta fez parte da minha infância. Muito legal este tipo de post viu! Parabéns ❤

    ResponderExcluir
  6. Eu sou apaixonada por desenhos então nunca canso de ver! E Tom & Jerry é um clássico! Sempre muito bom rever esses posts nostálgicos. Arrasou. Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Ahhhh que post mais amor e nostalgia! Acho que Tom & Jerry marcou a infância da minha geração como um todo! Lembro de toda manhã acordar e assistir! Achei incrível que você apresentou as fases de ilustração do desenho! Incrível demais! beijos e muuuuuito sucesso

    ResponderExcluir
  8. Tom e Jerry não é da minha época, infelizmente. Quando era menor assistia Disney, mas meus primos mais velhos sempre tentaram me fazer assistir. Acho super fofo, mas nunca assisti e nem sei se gosto. AFF! Hahahaha, adorei ler sobre <3

    Um beijo,
    eililian.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Sem dúvidas, Tom e Jerry fizeram parte da minha infância. A maior tristeza da minha vida era ter que acordar cedo para ir à escola e perder este desenho (outros também).
    Realmente eles tiveram grandes mudanças e o episódio da "linha do trem" sempre me deixa muito encafifada hahaha
    Parabéns pelo blog, beijos!

    ResponderExcluir
  10. Ai eu adoro Tom & Jerry, assisto até hoje no boomerang, também prefiro a fase clássica, mas as vezes pra distrair a gente assiste até a "atual". Sou fã de desenhos até hoje, não troco por nada, princpalmente na hora do almoço! Adorei o post e o blog, muito sucesso ♥

    ResponderExcluir
  11. Nossaaaaaaaa! Tou #Mortooooooooooo que post é esse em? Tom e Jerry marcaram a minha infância. Até hoje assisto❤�� Amo de montão. Sucessos para você!

    ResponderExcluir
  12. AI MEU DEUSS! Que nostalgia que eu estou sentindo nesse momento... Tom & Jerry fizeram da minha infância uma época muito feliz!! Obrigada por ter me lembrado desse desenho que eu não via há séculos...

    ResponderExcluir
  13. ahhhh como eu amava Tom e Jerry na infância. Até hoje ainda assisto de vez em quando. A segunda fase realmente acho que quase ninguém gosta, é meio esquisita rs. Quanto aos temas polêmicos, eu concordo que sao problemáticos e hoje em dia nao se cabe mais produzir nada assim. Mas o interessante é que crianca nao percebe isso. Eu nunca havia notado quando crianca que eles cometiam suicídio, porque era claro pra gente que eles eram personagens imortais, assim como aconteciam coisas no desenho que nao conteceriam na vida real. O fato de eles terem características humanas já é algo impossível no mundo real. Entao como crianca sempre encarei tudo ali como fantasia, por isso pra mim aquilo nao era um suicído, pois eles nao podiam morrer hahaha

    ResponderExcluir
  14. Não sou muito fã do Tom e Jerry pelo fato do gato sempre se dar mal rsrs, mais assistidos bastante na infância por não ter muito o que fazer! Achei o poste muito bem feito Parabéns! !

    ResponderExcluir
  15. Nunca pensei na ideia de que o desenho tinha passado por vários autores. Hehehe foi bem interessante saber disso. Minha versão favorita foi a do Gene Deitch. Foram os desenhos que mais me fizeram sorrir.

    ResponderExcluir
  16. Tom e Jerry é um clássico que marcou a infância de muita gente kkkkkk. Eu acordava cedo todos os dias só para ver esse desenho e sempre ria das malvadezas do Jerry com o tom kkkkk eram hilariantes. Hoje em dia ainda existe o desenho, mas convenhamos, nunca será a mesma coisa

    ResponderExcluir
  17. Nossa, nostalgia agora. Eu cresci assistindo Tom & Jerry adoro o filme deles. Muito bom saber mais sobre eles. Nunca me passou pela cabeça que a mudança de arte tinha a ver com a direção e tudo mais do estúdio, achei que era por estética mesmo.

    Super parabéns!

    ResponderExcluir
  18. Tom e Jerry fez parte da minha infância toda e de muuuuita gente dos anos 80 e 90 também disso eu tenho certeza, super amo esse desenho e fiquei triste quando pararam de passar não acredito que fizeram isso. Ainda existe eu sei e assisto sem medo se voltar a passar. Amei o post um beijo moça!

    ResponderExcluir
  19. Olho pra esse desenho é só consigo pensar na melhor época da minha vida kkk
    Vontade de voltar no tempo!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  20. Amoooo Tom e Jerry, assisto sempre pelo canal Boomerang e tenho fotos da minha gatinha Odina assistindo também. Amo gatos! morro de pena do Tom, rs, e claro, já tive um bichano chamado Tom. Bj.
    https://soulsoretro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Ai que saudades desses desenhos animados
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderExcluir
  22. Esse era meu desenho favorito
    As vezes dava dó do Tom
    Mas tinha várias coisas com duplo sentido

    ResponderExcluir
  23. Post maravilhoso, Tom e Jerry já vi muito hahaha assim como pica pau, e o engraçado que você mencionou eles eram nem um pouco politicamente corretos e mesmo assim milhares de adultos hoje em dia assistia eles quando criança e ta tudo bem haha. Parabéns pelo post incrível

    Os Papos Femininos

    ResponderExcluir