Desabafo: porque NÃO sou cacheada

quarta-feira, abril 05, 2017

Hello sweeties! Hoje venho falar aqui de algo que vem me incomodando já faz um tempinho: a mania que vem tomando conta da internet, principalmente entre blogueiras e youtubers de que você TEM que ser cacheada.

Eu quando começo a ler o post 18398488926375765868723 sobre "Seja cacheada"


Bom, antes de qualquer coisa, não tô querendo dizer em nenhum momento que sou contra as pessoas usarem seus cabelos ao natural, muito pelo contrário, fico super feliz em ver as pessoas se descobrindo do jeito que são e também verem que quem tem cabelo cacheado ou crespo tem infinitas possibilidades de cortes, cores e penteados, não tendo que se limitar aquele cabelo molhado pra baixar o volume e lotado de creme (nessa parte é sim um relato autobiográfico kkkkk). Com certeza é uma experiência libertadora, não o fato de abandonar químicas, mas o fato de se ver no espelho e se amar! Outra coisa que quero deixar claro, e provavelmente devo repetir no texto: tudo que estou escrevendo é baseado nas minhas experiências como cacheada!
Acredito que a maioria das blogueiras e youtubers, quando passam suas experiências sobre o período transitório para o estado "natural", não tem a intenção de querer lhe impor algo... Mas infelizmente tem gente que sim, quer sim, te impor a usar teu cabelo do jeito que eles querem!!! Bom, eu falo... Escolhi não estar cacheada! Uso no caso o verbo "estar" porque acredito que ser cacheada seja uma condição natural minha e nunca vou deixar de ser! Meus cabelos sempre vão nascer enrolados, eu querendo ou não...  Mas isso não quer dizer que faço "alisamento" isso por questão de alguma ditadura maluca de beleza que me impõe manter cabelos alisados para ser aceita. Mesmo que fosse o caso, não acham que é sair de uma gaiola para ir à outra? Sim, existe uma certa "ditadurazinha" vigente que tenta te impor a usar cabelos cacheados e crespos...

Meu cabelo ao natural, basicamente, é igual ao da Mia kkkkkkkkk

Não vou me aprofundar nessa parada porque acho que é meio visível isso, basta ver o número infindável de blogs e canais de Youtube dedicados ao tema... Quase uma lavagem cerebral dizendo "você tem que ser cacheada", "aceite seus cachos"....
Mas, será mesmo que abandonar os cabelos enrolados é entrar numa prisão? Será que é realmente negar suas raízes étnicas para tentar parecer mais cara pálida? Bom... Não posso responder por todos, mas vou contar a minha experiência capilar rsrsrs.
Bom, até os meus 15 anos usei meus cabelos naturais e compridos (na altura do cóccix). Como tenho uma vasta cabeleira e do tipo mista (a parte da frente é mais enrolada que atrás), acabava tendo um gasto de tempo enorme com a manutenção dele... Sem contar na quantidade de produtos específicos e receitinhas caseiras para manter os cachos vistosos e bonitos... Então, certo dia fui ao salão e cortei ele na altura da base do pescoço e fiz progressiva! Pra mim não foi uma questão de parecer com capas de revistas ou querer ser mais branca, foi uma experiência libertadora, de onde ficava horas desembaraçando cabelos e fazendo os cachinhos onde não tinha direito pro meu cabelo não parecer uma aberração rsrsrsrs.
Eis uma verdade que é dura de se admitir por todas essas meninas: cabelos alisados são mais fáceis de manter! E até mais baratos!!! Bom, no meu caso é, e por isso não me vejo tentada em aderir a moda dos cachos.
Cachos são lindos, mas requer uma rotina capilar bem exigente! Geralmente uma pessoa que quer ser apresentável, tem de acordar bem cedo para "domar a fera", porque ninguém dorme igual aquelas gueixas com a cabeça suspensa pra não amassar os cachos...

"travesseiro" ideal pra quem quer dormir sem amassar cabelo kkkkkkkkk

E quando me refiro de sair de uma gaiola para entrar em outra, também me refiro ao fato de que, na maioria das vezes, você não está abandonando a química, mas a substituindo por outra... Ou você acha que é super natureba aqueles produtos que são utilizados em salões do estilo "Beleza natural"?!
Não tem jeito minhas amigas, ou somos reféns dos produtos de cabelo para amenizar as químicas malucas que jogamos nas madeixas... Ou refém dos inúmeros produtos como Low Poo, maioneses capilares, Bomba de vitaminas, e mais outros que nem sei o nome, mas fazem parte daquela linha #Tô de cacho kkkkkkkkkkk. Enfim, chapinha ou a linha #Tô de cacho (bom deixar claro que não tô falando mal da marca, aliás só ouço falar bem dos produtos!) não são prisões, são tratamentos de cabelo, só que com objetivos diferentes... Embora eu use a chapinha pra fazer cachos também kkkkkk.
Para mim é cômodo e econômico manter eles com selagem (não faço progressiva) porque gosto da ideia de que só de dois em dois meses tenho que voltar para dar um tratamento mais agressive nos cabelos... Tirando isso é só levantar e dar uns tapas que ele tá no lugar! Lavo, passo o secador pra secar e... Voilá! Tô pronta!!!
Enfim, vou reforçar, esse post é baseado na MINHA experiência com os meus cabelos!!! Tô cansada de ouvir os outros dizerem como meu cabelo deve ou não ser! E escuto isso não só por conta dele ser com ou sem química... Mas por ser curto! Urgh, do meu cabelo faço o que eu quiser e é esse o meu conselho pra vocês: FAÇAM DO SEUS CABELOS O QUE QUISEREM! Alisem, deixem naturais, cortem curtíssimos, pintem de azul, raspem a cabeça... Faça o que der na telha! Só não se ache na obrigação de seguir a "maioria" ou a opinião dos outros porque é nessas pequenas coisas que a gente vai perdendo nossa essência, nossa personalidade... E acaba sendo só mais um robozinho triste, repetindo de forma mecânica o que passam que é "cool" e você tem que fazer. Não seja essa pessoa! Seja você!

Bom, espero que tenham entendido e curtido o post e... Até a próxima!

  • Share:

Você pode gostar de:

12 comentários

  1. Adorei o post, eu adoro meu cabelo com chapinha, me sinto bem assim e claro, também acho lindo as cacheadas mas ainda não é pra mim!
    Beijos 💜!
    Blog Sara Menezes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sara!
      Ficou feliz que tenha gostado do post! Confesso que fiquei receosa das pessoas entenderem mal o post... Mas acho que a mensagem ficou clara: é o respeito a cada um usar o cabelo do jeito que quiser rsrsrs

      bjs e valeu pela visita <3

      Excluir
  2. Adorei o post, disse tudo que eu penso, uso meu cabelo alisado a uns dez anos e não me arrependo, gosto de assim, me sinto mais bonita. E não sou alienada, e muito menos sigo moda do momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!
      Fico realmente feliz que curtiu o post! Alisamento não é alienação e nem modinha, é uma alternativa que temos ué, assim como conheço gurias que tem cabelo naturalmente liso mas gastam horrores fazendo permanente pra ter cachos... O que vale é se sentir bem!

      Bjs e valeu pela visita! :)

      Excluir
  3. Concordo muito com tudo o que você falou, não é porque uma mulher se descobriu que eu deva aderir ao cacheado, amo meu cabelo liso me sinto bem assim e é isso,ponto. Ninguém deve dizer o que devemos ou não fazer. Cada um que se sinta bem com o que gosta!

    ResponderExcluir
  4. Uma coisa que me deixa MEGA chateada é justamente o fato de que se antes nós sofríamos por sermos cacheadas, agora as lisas sofrem por serem "alisadas". É como se a sociedade que tanto visa por liberdade de ser quem você é, seja como você seja, simplesmente se perca nesses próprios argumentos! Eu fico triste pelas meninas que acabam sofrendo com essa imposição do "você deve ser assim", porque francamente, se você se sente bem com o cabelo liso, ÓTIMO. Se quer assumir os cachos, ótimo também. Real é que hoje tô vendo que ser cacheada é aquele tipo de obrigação, o que é um saco! Amei o post. ♥

    ResponderExcluir
  5. Eu não acho que seja moda, mas há sim uma 'ditadura' e entendi beeem o que você quis dizer. Sou cacheada e posso dizer que há também a ditadura do cacho perfeito e definido (insuportável tbm). Passei pela transição pq detestava meu cabelo alisado, mas é uma questão de escolha e cada um decide o que fazer com seu próprio cabelo, e , cara essa liberdade é que é tudo de bom nessa história; a liberdade de escolher o que for melhor, ou não, sei lá. É uma pena as pessoas estragarem essa liberdade impondo outro padrão; o dos cachos. Eu tenho preguiça desses padrões e aqui vale o: você não é obrigada a nada. <3

    ResponderExcluir
  6. Só passando para registrar o que eu já disse anteriormente: Concordo com tudo! Detesto pressões e imposições e pessoas dando opinião sobre cada centímetro do nosso corpo, etc. Sou cacheada e feliz, sempre fui a vida toda, pra mim é prático e nada trabalhoso cuidar dos meus cabelos. Mas se amanhã eu decidi mudar, irei fazer o que acho melhor pra mim. O único padrão válido para todos é o de ser feliz!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  7. Desabafo super valido!
    Adorei essa coragem em aceitar seus cabelos como são mas gostar da praticidade de outro e jeito ,afinal nem tudo que é bom pra um é bom pro outro!
    Bjss

    ResponderExcluir
  8. O meu blog é sobre cuidados capilares para crespos e cachos! Eu sempre digo que a pessoa tem que se amar do jeito que se sente melhor! Não podemos sair de uma ditadura e entrar em outra! Amiga, seja feliz, tu é linda de qualquer forma❤

    ResponderExcluir
  9. Amei seu post. Realmente chega a ser chato ver tantos posts nesse sentido. Acho lindo o cabelo cacheado, mas desde que ele não seja mais uma imposição de beleza. Todos temos que ser o que somos de melhor pra nós mesmos. Se não nós sentimos bem com algo e a tecnologia está aí pra ajudar, concordo que deve ser usada.

    ResponderExcluir
  10. Adorei o assunto do post! Pois bem eu também sinto isso. Meu cabelo natural é cacheado e ondulado. Nem um nem outro. Resumindo, extremamente instável ao tempo. Perdia muito tempo do meu dia com o meu cabelo. Depois que fiz o botox capilar ele ficou ondulado pra liso, mas o fundamental, ficou super definido estável. Agora acordo e penteio, lavo e seco rapidinho. Minha rotina ficou muito prática. Gosto dele assim e pronto. :DDD
    Beijo,linda!
    https://criswallart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir