Blackfaces!!!

terça-feira, setembro 30, 2014

Olá para todos! Hoje vou fazer um post sobre uma curiosidade histórica que sempre me intrigou muito em termos de cinema... Embora sua origem remonte a um tempo anterior a invenção dos irmãos Lumiére... A blackface, uma coisa que vai além do simples fato de pintar o rosto de negro... É toda a personificação do racismo dentro da história do teatro, da música e do cinema!

Bom, minha curiosidade com o tema remonta bem mesmo antes de me tornar uma apaixonada por história... Vai a minha infância, que foi regada a muitos e muitos desenhos antigos, onde pude ter o primeiro contato com as blackfaces... Principalmente nos desenhos do Pernalonga e Tom e Jerry.

Não é preciso ser grandinha pra entender o quão politicamente 
incorreto isso era

Origem

Bom, pra começar, blackface era o estereótipo afetado e ofensivo da figura do negro americano feito pelos menestréis do teatro e vaudeville no século XIX, uma espécie de caricatura humana. É bom lembrar que o teatro "informal" americano do século XIX fazia chacota com outras etnias, fazendo com que surgisse estereótipos que até hoje habitam o imaginário americano, como o irlandês bêbado e o judeu sovina.

Cartaz de show de 1900, dando ênfase na transformação do
branco em negro... 


O teatro de blackfaces se tornou uma febre tão grande nos Estados Unidos, que não demorou para ser exportado para França e Inglaterra, sendo que neste ultimo o estilo perdurou até os anos 70!!!

The black and white minstrel show foi um programa de TV
da BBC que foi ao ar de 1958 a 1978!

Bom, você deve estar ainda se perguntando: porque o blackface é o mais "conhecido"??? Well, simples, o teatro de menestréis, e mais tarde o vaudeville, o cinema e a musica se utilizavam das blackfaces não somente para fazer humor "negro" (me desculpem o trocadilho), mas para propagar mensagens de ódio, afirmando sempre a inferioridade racial do negro. Mas por outro, também foi responsável por propagar a cultura afro-americana, como o Jazz e suas vertentes.

Os principais personagens blackface

O teatro de menestréis e vaudeville foi responsável pela criação de alguns personagens que se imortalizaram no imaginário americano, por serem a personificação de "características típicas" dos negros... Ou por representarem um dos períodos mais sombrios da história afroamericana.

Jim Crow

Criado pelo artista branco Thomas Rice, Jim Crow foi o personagem blackface mais famoso de todos. Sua performance, ao som da musica Jump Jim Crow, fez com que o gênero de show chegasse ao sucesso nos EUA. Infelizmente, este nome não ficou marcado na história por conta simplesmente do personagem, mas pelo conjunto de leis que ironicamente levou o seu nome, as Leis de Jim Crow, que estiveram em vigor nos estados sulistas entre 1876 e 1965.  As leis mais importantes exigiam que as escolas públicas e a maioria dos locais públicos (incluindo trens e ônibus) tivessem instalações separadas para brancos e negros. Um triste e sombrio capítulo da história.

Jim Crow

Zip Coon

Idealizado por George Dixon, Zip Coon era um deboche feito para os negros livres, retratados como arrogantes e vestidos pomposamente para tentar parecer com os brancos. Apesar das tentativas, o seu jeito de ser e suas maneiras denunciavam a sua origem...

Zip Coon
Uncle Tom, ou Ben... E a Mammy

Uncle Tom é a figura do bom negro, aquele senhor, já de cabeça grisalha, sóbrio e religioso. Geralmente a fonte de sabedoria e gentileza. Até hoje podemos achar esse personagem em certa marca de arroz... A Mammy é o seu equivalente feminino. Geralmente, retratada como uma senhora corpulenta e com lenço amarrado na cabeça... Ou seja, a Tia Nastácia do Sítio do Pica pau Amarelo

A Mammy mais famosa sem dúvida é a de ...E o vento levou.
Embora não apareça com o rosto pintado...


Pickaninny

São as crianças blackfaces. Geralmente retratadas de cabelos desgrenhados, roupas sujas e rasgadas, bocas grandes... E geralmente comendo melancias...!!!




Blackfaces e o cinema

Foi muito comum até os anos trinta a presença das blackfaces no cinema, sendo muitas vezes interpretadas por nomes consagrados como Al Jolson, Eddie Cantor, Bing Crosby, Fred Astaire , Mickey Rooney, Shirley Temple e Judy Garland. Vale lembrar que o primeiro filme falado da história é um musical onde Al Jolson se apresenta com a blackface!

Al Jolson em The Jazz singer (1927)


Desde o início do cinema, a presença das blackfaces era algo rotineiro nos filmes, principalmente feito por atores brancos. O primeiro filme a se utilizar disto foi o Uncle's Tom cabin, de 1903. Mas nenhum filme marcou, negativamente falando, tanto o uso das blackfaces como o clássico O birth of a nation, de D. W. Griffith, de 1915. Utilizando-se largamente deste recurso, seu filme é uma apologia ao ódio racial tão grande que acabou por fazer com que as blackfaces entrassem em desuso para papéis dramáticos, sendo ainda um recurso bem comum em comédias, animações e musicais.

A jovem branca indefesa, sendo atacada por um negro... Representado
pela blackface


Os desenhos animados e as blackfaces

Até os anos 50, nenhum lugar explorou tanto as blackfaces como os desenhos animados, Todos os estúdios de animação, sem excessão, em alguma hora fizeram algum uso, brando ou abusivo, das blackfaces. Mesmo sendo conhecido como a Era de ouro da animação, foi o período onde milhares de desenhos altamente racistas foram lançados.
Apesar de muitos deles ainda serem fáceis de se achar passando esporadicamente na televisão (agora menos, com essa coisa de não se passar mais programas infantis diariamente)... Existe uma lista de animações, que de tão ofensivas foram banidas para sempre da televisão. The censored eleven são uma lista de onze animações da Warner Bros. que nunca mais deverão ir ao ar na televisão... Mas que você consegue ver, se tiver curiosidade, na internet. Acho super válido ve-los, pois só conseguimos entender determinada época se valendo desses recursos... Fora que mostra que, apesar de sermos apaixonados por essas décadas... Elas também possuem um lado nada glamouroso que não deve ser esquecido jamais!!! Para quem estiver curioso, eis os nomes dos desenhos

"Hittin' the Trail for Hallelujah Land" (Harman and Ising; 1931)
"Sunday Go to Meetin' Time" (Freleng; 1936)
"Clean Pastures" (Freleng; 1937)
"Uncle Tom's Bungalow" (Avery; 1937)
"Jungle Jitters" (Freleng; 1938)
"The Isle Of Pingo Pongo" (Avery; 1938)
"All This and Rabbit Stew" (Avery; 1941)
"Coal Black and De Sebben Dwarfs" (Clampett; 1943)
"Tin Pan Alley Cats" (Clampett; 1943)
"Angel Puss" (Jones; 1944)
"Goldilocks and the Jivin' Bears" (Freleng; 1944)



Bom... Agora encerro esse post com mais algumas imagens das blackfaces, algumas até familiares, outras mais oldies... Mas que nos fazem pensar um pouco













  • Share:

Você pode gostar de:

4 comentários

  1. Uma das primeiras vezes que vi as black faces também foi nos desenhos animados, filmes e também na publicidade... Ótimo post. Beijos!

    http://vintagepri.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post mesmo! Eu já tinha visto o Eddie Cantor in blackface, vou mandar o link pra vc! ;) Gostei muito, não sabia da maior parte!!!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Agora esse black face que cuspia os caroços de melancia no desenho faz sentido pra mim :ooooo e eu tinha medo deles HISUAHUISHAUISHIUH

    http://abelanaoafera.blogspot.com.br

    ResponderExcluir