A história da moda: Anos 20 - a década Chanel!

quarta-feira, agosto 06, 2014

Bom... Continuando a saga da história da moda... Chegamos em uma decada (a minha favorita aliás...) em que a moda deu um salto em termos de rebeldia como nunca se vira antes... Se o vestuário feminino já apresentava mudanças nas duas primeiras décadas... As mulheres da década de 20 rompem quase que subitamente com os padrões anteriores a elas mesmas. Se colocasse uma mulher com o traje comum dos primeiros anos do século XX ao lado de uma flapper seria um choque observar tamanha diferença... Mas antes... É melhor entender o porquê de tamanha transformação né?!

A Era do Jazz!

A sociedade que sobrevivera ao duro confronto da Primeira Guerra Mundial (ou a Grande Guerra, afinal, ninguém sabia que ia ter uma segunda rodada né?!) entrou em um período de frenesi tão surreal que em menos de 5 anos parecia que nada havia acontecido. A expressão CARPE DIEM parece que foi criada justamente para descrever os loucos anos 20.

Se você fosse dos anos 20, com certeza iria a uma "balada"
desse estilo, com Charleston tocando a noite toda!
Todos queriam viver o máximo da vida e com uma intensidade que só quem escuta as musicas produzidas na época entende. Foi a década da explosão do Jazz.. E toda a fluidez e liberdade das suas notas ditavam a vida desregrada e intensa da juventude. A sociedade da década de 20 é uma viciada na recente industria do entreterimento - além dos teatros e bailes, o cinema é a nova mania da juventude... E o maior propagador da moda flapper. Com o crescimento dos cinemas nas cidades, todas as mocinhas queriam ter o cabelo da Louise Brooks, a maquiagem do jeito da Clara Bow, as roupas da Alice White...
Pode parecer uma galera mais "superficial e fútil", mas os loucos anos 20 tem uma geração de grandes escritores e artistas que faz a gente chorar por viver em uma época em que Valesca Popozuda é filosofa e um penico sujo pode ser arte...
Voltando ao assunto da moda... Os anos 20 começou a revelar um pouco mais o corpo da mulher, mostrando as pernas e tirando a silhueta artificial do corset... E quem se destacou em toda a sua supremacia nesta década foi o estilo Chanel de se vestir. Não há como falar de anos 20 sem pensar que essa é a década áurea da francesinha que vestiu o mundo com seu glamour!

Chanel e a moda flapper

Como já postei anteriormente sobre a vida desta lenda da moda (Link aqui para conferir porque vale a pena conhecer a Coco!), vou falar somente sobre o seu trabalho e contribuição para a história da moda... E toda a sua influência nesta década sensacional.

Coco Chanel

Enfim... Como vimos no post anterior, as mulheres no início da década de 20 já haviam aposentado os corsets e os trajes pesados de tantas aplicações de flores e ornamentos. A moda agora se tornava mais austera e minimalista, presando pelo conforto e elegância de uma maneira jamais vista. Coco Chanel trouxe esta nova visão do que é ser elegante para o mundo apresentando modelos de roupas inspiradas no vestuário masculino, aderindo de vez as calças ao guarda roupa feminino. Além disto, ela tira o estigma do luto da cor preta e apresenta como a essência do luxo e elegância que todo mulher almeja ter. O mito do "preto básico" nasceu, e toda mulher moderna passou a ter no mínimo uma peça preta por conta disto.
Ao banir as formas de ampulheta forçadas ao máximo pelos espartilhos, Chanel traz a proposta de peças mais tubular, mas de tecidos leves e curtos, o que davam um efeito bem interessante quando as melindrosas se mexiam ao som do Charleston.

Vestido de festa, pretinho básico, by Coco Chanel, 1926

Coco não se restringiu em revolucionar somente as roupas... Aliás, seu primeiro triunfo na moda foi nas "cabeças" das mulheres. Antes de Chanel, as mulheres estavam habituadas a usar chapéus enoooooooooormes, com plumas, flores e outros apetrechos. Ela trouxe o seu conceito de "simples é mais chique" primeiramente aos chapéus, lançando chapéus pequenos de palha e outros materiais. Na década de 20, o modelo de chapéu mais utilizado foi o "cloche", que ganhou este nome devido a ser no formato de um sino (cloche em francês).

Estilos de chapéu cloche dos anos 20... Queria um de cada!

Além de Chanel, vale a pena também citar outro grande estilista francês que também influenciou a moda do período: Jean Patou, estilista que teve como foco as roupas mais sportwear, inserindo um guarda roupa mais esportivo no cotidiano. Suas roupas eram as favoritas entre as estrelas do tênis, como Suzanne Lenglen. Além disto, foi responsável pela criação de maiôs mais curtos e de materiais mais leves, revolucionando a moda praia.

Suzanne Lengle com um dos modelos feitos por Jean Patou

Declínio da moda flapper

Tudo ia bem para o universo das melindrosas até... A crise de 1929. A grande depressão fez com que o estilo inconsequente de vida da sociedade dos anos 20 fosse extirpado frente a dura realidade da pobreza generalizada. Chanel já começava a viver a dura concorrência com uma nova estilista tão genial quanto ela e... O resto fica para o próximo!

E como sempre... Fiquem com algumas imagens da moda feminina da Era do Jazz!











  • Share:

Você pode gostar de:

0 comentários