Desabafo: Personalidades fortes

segunda-feira, fevereiro 17, 2014

Mais uma vez uso meu blog para um desabafo sobre uma coisa muito séria sobre mim e as outras pessoas: a personalidade.
Sabe, este será sempre um grande problema meu com o mundo que me cerca - tendo uma personalidade
bem forte - não é fácil o convívio social. Invejo aqueles que tem o poder de cativar as pessoas com um belo papo, e as vezes simplesmente pelo olhar. Existe um certo magnetismo em algumas pessoas que mesmo sem falar uma palavra, cativam a todos. Aparentemente eu sou exatamente o oposto... Sou um verdadeiro repelente de pessoas. Mas porque isso? Alguns tons de meu temperamento.
Para começar, sou uma pessoa que não domina com perfeição a arte do cinismo ou do sarcasmo. Muitas vezes faço brincadeiras com as pessoas e elas acham que eu estou falando sério! Como se eu fosse uma pessoa de 80 anos que não consegue fazer uma única piadinha. Não existe mistério em mim, se estou triste, você irá me ver triste, se estou alegre, irá me ver alegre... Simples assim! O problema é: as pessoas não gostam de ver pessoas que demonstram aquilo que sentem, principalmente se for algo negativo. Infelizmente a maioria prefere as pessoas que parecem usar máscaras o tempo todo, vivendo em um mundo imaginário onde tudo é colorido e feliz... Não conseguem nem pensar o quão perigoso estas pessoas podem ser. São falsas... E quando você menos pensa, elas te fazem mal, porque elas só pensam nelas mesmas. São na verdade personagens encenados em tamanha perfeição que, quando você pensa que são reais, revelam sua real natureza.
Muitas pessoas também me acham introvertida... E isto é uma meia-verdade. Na verdade, eu não era assim... A vida me transformou nisso. É complicado construir relacionamentos com as pessoas hoje em dia. Acho que isso é mais um dos fatores que me levaram ao universo vintage... O resgate de valores de outrora, como a amizade, aquela amizade que conseguia atravessar os anos, a distância e as mudanças que a vida nos impõe. Hoje em dia amizade está mais ligada a troca de favores do que um sentimento genuíno e inocente como eram em nossa infância. Uma prova disso é você experimentar o fracasso... E tentar algum consolo em seus amigos. Isso é... Se achar algum deles.
Estou escrevendo isso porque acho que não sou a única a viver isso, na verdade, acho que nosso pequeno
universo está cheio de pessoas de temperamento fora dos padrões, e por isso sofrem para se encaixar em algum lugar.
Aproveito para fazer uma observação: ao conhecer várias pessoas que já estão inclusas nessa "tribo" da cultura vintage, vi o quão difícil é tentar uma certa união de todas... Principalmente aqui no Brasil... Muitas brigas de ego e personalidade que se não souberem resolver, sempre serão um belo obstáculo para que blogueiras e outras modalidades de formadores de opinião vivam em harmonia. Afinal... Isso aqui é pra ser um refúgio da "realidade"... E não mais um campo de batalha dela. Sabe...
A gente tem que aprender a ceder, a saber conversar, argumentar, negociar... E não partir para intrigas e divisões... E isto falo até para mim mesma... E para todos os aspectos de nossa vida.
Pra terminar com um conselho: aconselho a vocês (e a mim) respeitarem a sua personalidade... Mas saber respeitar a alheia. Aprender que nem sempre dá pra ser do jeito que queremos, e que nem todo mundo é igual a gente. E que às vezes precisamos ceder para evitar desentendimentos desnecessários, porque nem mesmo o melhor de nossos amigos irá concordar com você. É difícil, é, não irei mentir... Mas é só assim que conseguiremos cativar pelo menos um verdadeiro amigo em nossa vida!



  • Share:

Você pode gostar de:

3 comentários

  1. Querida muito boa a matéria, pois a invejo sou cativante, mas queria ser como vc personalidade forte. Desejo muito sucesso .

    ResponderExcluir
  2. Penso que nem quem sofre disso, consegue entender como é para o próximo passar por isso.
    O ser humano tem uma grande dificuldade em aceitar diferenças, acabamos transformando tudo em uma grande competição. E grande parte das pessoas, não consegue aceitar que se outra pessoa é diferente, pensa diferente, gosta diferente, é só ela sendo ela mesma, e não ela te impondo como você deve ser.
    Adorei seu blog, venho lendo ele há alguns dias, e acho que entendo um pouco da frustração que é ser "difícil" dentro de um mundo com pessoas tão "fáceis" e "normais".

    ResponderExcluir
  3. concordo em tudo que disse, também sofro com esse ''problema'' tenho a personalidade muito forte, mas sou diferente sou muito sarcástica e irônica. E o meu problema mesmo é levar tudo muito a sério, eu levo a sério demais os princípios, respeito , amor, lealdade. E hoje em dia levar a sério demais as pessoas acham estranho e até tiram sarro. O mundo de hoje é complicado, se perderam os valores.

    Grande beijo
    umanoitemparis.blogspot.com

    ResponderExcluir