Book inspiration: O pequeno príncipe

terça-feira, fevereiro 25, 2014

Sabe... Tentar falar sobre o livro do pequeno príncipe é sempre algo simples e ao mesmo tempo


complicado. Acho que poucos livros com este conseguem ser tão pequenos e profundos... Uma fórmula que fez com que esta grande obra estivesse completando agora em 2014 seus 70 anos mas sem perder a sua leveza e simplicidade que conquistou leitores em todo mundo por 7 décadas.
Este post é a minha forma de homenagear um belo livro e celebrar o seu septuagésimo aniversário!
Antes de falar qualquer coisa sobre este livro... Devo confessar que na minha primeira leitura (há exatos dez anos)... Eu o odiei... Não me matem por isso, mas quando você se vê obrigada a ler um livro inteiro em menos de três horas para fazer uma prova... Você não morre de amores por ele. Somente em minha segunda leitura que pude realmente "ler" em sua profundidade a obra prima de Antoine de Saint-Exupéry.
O jeito sonhador e viajante do autor está presente em cada página, faz com que você fique sempre imaginando aqueles sonhos que você tinha quando era criança e já havia esquecido. É um daqueles livros no qual à primeira vista parece coisa de criancinha, todo ilustradinho... Mas ao saborear cada página... Você se dá conta de que as aparências te enganaram. O livro é um convite a conhecer o mundo, não só as pessoas, mas a natureza... O todo! Observar até os mais pequenos detalhes... Tudo com o olhar doce e inocente de uma criança. Isto me faz tornar a primeira impressão que se tem do livro... Sim! O pequeno príncipe é coisa de criancinha... Mas não somente as que a gente vê indo pra escola todo dia, é para as criancinhas que habitam dentro de nós e muitas vezes a gente aprende a ignorar. Satin-Exupéry tem esse mérito... De escrever para um público que está dentro do público! Ter uma linguagem simples e suave que de forma envolvente transforma o mais turrão dos adultos em criança.
Outro aspecto que me fascina neste livro é como Antoine retrata a amizade. "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas", diz a raposa. Em tempos de amizades tão fúteis e banais, este livro é uma verdadeira ode a importância da amizade e do companheirismo. Para se fazer amizades duradouras é necessário cativar... E ser cativado. Dedicar menos tempo a si mesmo e ajudar os amigos.
Saint-Exupéry merece os parabéns... Pena que não viveu bastante para ver o sucesso de sua obra, mas ele pode ter certeza que cativou muita gente!
Para encerrar este post... Algumas frases que acho muito boas deste livro que SUPER RECOMENDO!









  • Share:

Você pode gostar de:

2 comentários

  1. Já perdi as contas de quantas vezes eu li esse livro, é realmente muito lindo!
    http://elaforadocomum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adoro esse livro, é muito bom! Tenho até um caderno desse livro,
    Beijoo

    Seguindo, adorei o blog
    http://www.mybrandteen.com

    ResponderExcluir