Addiction: Musicais do cinema

quinta-feira, novembro 07, 2013

Um dos meus gêneros favoritos no cinema é o musical. Sem sombra de dúvida, não existe nenhuma leitura completa de uma história sem o seu fundo musical, então, quando a musica toma conta de todo o enredo, o longa, para mim, toma outra perspectiva. 
Este é um gênero que surgiu logo no primeiro filme falado (fazer o quê, já que iam colocar alguém falando, porque não colocar logo cantando né?!?), o clássico de 1927 O cantor de Jazz. Ao ver um imenso sucesso que este longa produziu, os figurões de Hollywood não tardaram em investir neste novo gênero, avançando nas técnicas, narrativas e aproveitando para trazerem temas novos as telonas. Só nos dois primeiros anos do cinema falado, 80 filmes deste estilo forma feitos!!! 
Mas a era de ouro dos filmes musicais só começou mesmo depois da Segunda Guerra Mundial, onde essas produções ganharam grande espaço em meio a um mundo que ainda tentava se reconstruir. Nessa época começam a surgir grandíssimos clássicos da sétima arte como  “Cantando na Chuva (Singing in the rain)”, “Oklahoma!”, “South Pacific”, “O Rei e Eu” (The King and I), “Cinderela em Paris” (Funny Face), “Gigi” (Gigi), “Amor, Sublime Amor” (West Side Story), “A Noviça Rebelde” e a notória dupla concorrente de 1965: “Mary Poppins” e “ My Fair Lady”.
Creio que estes filmes sejam tão excelentes que entram naquela categoria de que se alguém falar em "remake" merece ser queimado em uma pilha de filmes de nitrato ao estilo Shoshanna Dreyfus! 
Mas acho que a introdução desse estilo na vida de qualquer mortal se deu pelos longas de animação da Disney, e seus filmes sempre carregados de musicas que evocam as nossas velhas infâncias.

Infelizmente nem todos apreciam este estilo de filme, por exemplo uma true story minha: lá em casa tenho muita dificuldade em assistir musicais, ainda mais quando quero vê-los na TV porque ninguém lá curte filmes deste estilo... Só consigo ver na telinha do computador ou quando estou sozinha, mas nem por isso, deixo de ver meus musicais do coração... kkkkk
Enfim... Listarei aqui alguns dos meus musicais favoritos de todos os tempos... Alguns mais "oldies", outros bem recentes, mas todos dotados de uma indubitável qualidade!

1. CHICAGO


Se eu não começasse falando desse filme qualquer um poderia ter 100% de certeza de que não era a dona deste blog que estava escrevendo este post. Este é sem duvida o meu musical favorito. Chicago narra a história de duas criminosas da década de 20, Roxie Hart e Velma Kelly, que aproveitam o sucesso de seu feito para ficarem em evidência na mídia. Um filme que mostra a hipocrisia de uma sociedade viciada no espetáculo de horrores e a banalização do crime. Um bom exemplo de que o filme é um espetáculo às avessas é a presidiária russa, que é a única condenada injustamente, entretanto, é a única condenada a forca. Um filme que apesar de ser de época é de um tema bem atual! E isso porque não vou nem me delongar falando sobre a trilha sonora, que eu sou tão fã que tenho ela toda guardada nas minhas playlists...


2- CRY BABY


Acho que uma das melhores paródias cinematográficas que existem, porém, não muito valorizada na época em que foi lançada. Cry Baby é uma paródia não só com o filme Grease, mas com todos aqueles filmes de modinha adolescente dos anos 50 e início dos 60 que retratam as brigas juvenis entre os rockers e moods... Isso sem falar que tem Johnny Depp como protagonista, isso já faz o filme ser ótimo sem nenhuma explicação. 

3 - ACROSS THE UNIVERSE


Um filme TODO feito em cima das principais obras dos Beatles, e ainda com o talento musical de Jim Sturgess (o cara canta demais!), isso sem falar na participação de Bono Vox do U2... Nem preciso explicar mais nada para dizer que este filme é ótimo!

4 - WALK THE LINE


Um musical biográfico sobre a vida de Johnny Cash. Pronto. Qualquer um mínimo conhecedor desta fera musical sabe o tanto de percalços que ele passou pela vida, o que já faz você querer o filme. Adicione a bela história amorosa dele com June Carter, mais paixão pelo filme. E, como cereja do bolo... Uma trilha em cima dos grandes sucesso de Cash. 

 5 - MOULIN ROUGE


Pensa em um musical perfeito que marcou época: pensou em Moulin rouge. Uma história linda de um romance que não acaba bem... Mas que você se apaixona... Aquela velha história do amor impossível com uma roupagem linda e uma trilha sonora mais que perfeita, inovando ao colocar musicas contemporâneas na Paris de 1899. Tudo isso se passando em um dos mais famosos cabarés do mundo, o mítico Moulin Rouge.

6 - LES MISÉRABLES


Vi no computador, vi no cinema, vi na TV... E vou ver aonde passar porque simplesmente amo esse filme. Acho que já sei cantar (miseravelmente, me perdoem o trocadilho) praticamente quase todas as musicas. Um musical baseado em um livro simplesmente genial, do escritor Victor Hugo, que é tão complexo e profundo, que cada adaptação para o cinema é um espetáculo à parte.

7- GREAT BALLS OF FIRE!


Mais um musical biográfico. Este contando a trajetória de vida de um dos maiores cantores e precursores do rock: Jerry Lee Lewis. O filme conta desde a infância de Jerry Lee, seus contatos com as musicas de origem negra, até as polêmicas de sua vida, como o seu casamento com a prima de segundo grau, que tinha somente 13 anos. Uma atuação bem convincente de Dennis Quaid e uma trilha para sacudir o esqueleto... 

8 - GREASE


Sabe aqueles dias em que te bate aquela insônia, você tenta dormir mas não consegue, e então liga a TV pra ver se pega no sono? Foi assim, altas horas da madrugada que eu descobri um dos clássicos musicais que eu mais amo - Grease - que também me fez ter o meu primeiro caso de amor com a cultura dos anos 50... Grease é um dos musicais mais fofos que tem, com a velha coisa dos rockers e moods... Mas muito fofo!

9 - HAIRSPRAY


Mais um musical cheios de temas atuais com uma roupagem vintage maravilhosa. Hairspray tem não só o tema do racismo e integração na ordem da casa, mas como os padrões de beleza da sociedade, que prega que a menina para ser bonita tem de ser magrela.

10 - ROCK OF AGES


Um musical feito com a nata da nata do rock dos anos 80! Um filme que, apesar de achar a história fraquinha, amo de paixão simplesmente porque é impecável na sua trilha! Qualquer filme que use em seu repertório Poison, Joan Jett, Guns n' Roses, Twisted Sister, Journey, Def Leppard, Foreigner, Night Ranger, Pat Benatar, Whitesnake, Bon Jovi, e por aí vai... Merece todo o meu respeito! Isso sem contar que odeio Tom Cruise, mas nesse filme eu o achei sensacional!!!!!!!!!!

  • Share:

Você pode gostar de:

0 comentários