O grande mestre - 2008

domingo, setembro 29, 2013


Para os que curtem filmes biográficos aqui segue uma história trazida para as telonas de uma verdadeira lenda das artes marciais: Ip Man, o mestre de kung fu do lendário Bruce Lee.
Um filme chinês que revive as boas e velhas lutas de kung fu sem aquele estilo "O tigre e o dragão", mais velha escola, trazendo cenas bem orquestradas e uma bela história. Um filme de excelente roteiro e que conta com coreografias de luta muito bem executadas. Não é muito comum de vermos filmes sobre a 2ª Guerra Mundial focados nas guerras do oriente e, muito menos, sendo narradas de tão perto da sociedade da época. O filme nos mostra como, mesmo em uma era de armas de fogo, bombas, aviões, etc, a China ainda valorizava, e muito, sua tradição marcial e seus mestres e como estes eram importantes e influentes membros da sociedade.
O filme se passa na cidade de Foshan, nos anos 30, era bem conhecida na China por ser um antro de excelentes escolas de kung fu. Nessa cidade vivia Ip Man, um esplendido artista marcial, mas que nunca havia aberto uma escola para ensinar seus conhecimentos. Alguns poucos tinham a oportunidade de lutar com ele e aprender com suas derrotas. Um dia, um grupo de baderneiros resolve entrar na cidade desafiando a todos os mestres. Ip Man acaba se envolvendo e após derrotá-los e expulsá-los da cidade, vira um herói local. O tempo passa e já no final da década, o Japão invade a China, dando início à 2ª Guerra Sino-Japonesa. Os danos à sociedade civil foram imensos. Ip Man e tantos outros foi forçado a viver em casebres e a sobreviver com a pouca comida que sobrou depois dos confiscos japoneses. Acontece então que em um campo de mineração de carvão onde Ip Man trabalhava, um grupo de militares japoneses está recrutando artistas marciais chineses dispostos a treinarem com os japoneses. Quem ganhasse a luta, levaria um saco de arroz para casa. A principio, Ip Man não se manifesta, mas após saber da morte de um conhecido seu por lá, ele decide ir atrás de informações. Sua incrível habilidade atrai a atenção de um importante general do exército japonês.

Um filme que traz um ponto de vista sobre uma das faces da Segunda Guerra que é praticamente esquecida tanto pelas salas de aula quanto pelos filmes: a guerra Sino-japonesa e os seus grandes ressentimentos gerados entre as duas nações. Não é uma aula de história, mas nos tira um pouco dessa visão de batalhas em continente europeu. Fora que para aqueles que apreciam filmes de artes marciais, é uma bela pedida além de ver belas lutas, conhecer aquele que é um dos responsáveis pela popularização do kung fu.


BOM FILME!

  • Share:

Você pode gostar de:

0 comentários