Citizen Kane

terça-feira, agosto 06, 2013


Citizen Kane é um drama de 1941 dirigido e estrelado pelo prodígio Orson Welles. O filme foi indicado para o Oscar em nove categorias, porém só ganhou o de melhor roteiro. 
Muitas vezes considerado pela crítica o melhor filme já feito,
Cidadão Kane ganhou por cinco vezes consecutivas pelo prêmio Sight & Sound's, e entrou para a lista dos 100 filmes mais importantes da história, pela sua inovação cinematográfica, musical e sua estrutura narrativa.
Cidadão Kane marcou sua época devido às inovações, sobretudo nas técnicas narrativas e nos enquadramentos cinematográficos. O filme começa com o protagonista já morto, mudando-se a cronologia dos fatos; e a cenografia mostra pela primeira vez o teto dos ambientes.
Mesmo dirigindo outros filmes após Cidadão Kane, o diretor Orson Welles nunca mais conseguiu restabelecer sua fama a ponto de ser contratado novamente por um grande estúdio de Hollywood.
Cidadão Kane é supostamente baseado na vida do magnata do jornalismo William Randolph Hearst (publicamente, Welles negava), e conta a história de Charles Foster Kane, um menino pobre que acaba se tornando um dos homens mais ricos do mundo. O filme inicia com a sua morte, momentos antes da qual pronuncia a palavra "Rosebud". Após dias de sensacionalismo em cima da notícia de sua morte, o jornalista Jerry Thompson é enviado por seu chefe para investigar a vida de Kane, a fim de descobrir o sentido de sua última palavra, a qual ninguém sabia. Entrevistando pessoas do passado de Kane, o jornalista mergulha na vida de um homem solitário, que desde a infância é obrigado a seguir a vontade alheia. Ninguém a seu redor importa-se com Kane, que busca por meio da aquisição de bens a adoração das pessoas.
Ao final, Thompson, após a exaustiva investigação da vida de Kane através de entrevistas, se vê incapaz de descobrir o significado da palavra, concluindo que "Charles Foster Kane foi um homem que possuiu tudo o que quis, e depois perdeu tudo. Talvez Rosebud seja algo que ele nunca tenha possuído, ou algo que tenha perdido.".


BOM FILME!

  • Share:

Você pode gostar de:

0 comentários