A invenção de Hugo Cabret - 2011

sábado, agosto 31, 2013


A invenção de Hugo Cabret é uma das mais bonitas e bem expressadas homenagens ao cinema e, mais especificamente, as suas origens. Baseado no livro homônimo de Brian Selznick, o filme conta as aventuras de um menino órfão que mora em uma estação de trem em Paris, e tenta resolver um enigmático mistério. O filme é dirigido brilhantemente por Martin Scorsese e com o roteiro de John Logan. É co-produzido por Graham King's GK Films e Johnny Depp. O filme é estrelado por Asa Butterfield, Chloë Grace Moretz, Jude Law e Ben Kingsley.

Em 1931, Hugo Cabret (Asa Butterfield) é um menino de 12 anos de idade que vive nas paredes da estação ferroviária Gare Montparnasse, em Paris, mantendo o funcionamento dos grandes relógios do local. Seu pai (Jude Law) é um viúvo e funcionário de museu que o adora, levando-o ao cinema e mostrando a ele sua última paixão antes de morrer num incêndio no museu aonde trabalhava: um autômato (espécie de homem mecânico) que, supostamente, poderia escrever uma mensagem. Após a morte de seu pai, Hugo foi levado por seu alcoólatra tio Claude (Ray Winstone), que, apesar de não ter praticamente nenhum sentimento pelo menino, o ensinou a manter os relógios da estação. Quando Claude desaparece, Hugo continua a manter os relógios enquanto sobrevive roubando comida e suprimentos, temendo que, se o inspetor da estação vigilante (Sacha Baron Cohen) o descobrisse, poderia envia-lo a um orfanato.

Um filme de mexer com os sentidos, tem fazer sentir-se nostálgico de uma época em qual em nossa maioria passamos longe de presenciar. Possui um "não sei o que" que nos torna criança novamente diante da tela, e curioso por aprender mais sobre as origens desta que é uma das artes mais lindas que existe: o cinema!


BOM FILME!

  • Share:

Você pode gostar de:

0 comentários